Entenda o que é branding e como fazer a gestão da sua marca

Muito provavelmente, você já ouviu falar sobre o que é branding e a sua importância para o fortalecimento de uma marca. Porém, se chegou até aqui, tem dúvidas sobre o que o conceito realmente significa.

O branding, ou gestão de marca, diz respeito a ações com o objetivo de tornar uma marca mais reconhecida, encantar consumidores, fazer com que eles tenham uma visão mais positiva sobre uma empresa e, portanto, apresentem vontade de fazer negócios com ela.

Neste post, vamos mostrar do que se trata a estratégia e como fazer um bom trabalho em sua empresa. Acompanhe!

O que é branding e sua relação com uma marca?

Para que você entenda melhor o que é branding, é importante que compreenda o que é uma marca.

Talvez, a primeira coisa que tenha vindo a sua cabeça seja um logotipo, um site ou a identidade visual. Acertamos? Pois saiba que uma marca, apesar de contar com esses componentes, é muito mais do que isso. Ela é um conjunto de aspectos que representam e remetem a uma empresa.

Um case de sucesso

Um exemplo, para que o conceito fique mais claro, é o da marca Dove. Sua comunicação, iniciada em 1957, focava nos benefícios de um sabonete que já vinha com 1/4 de creme hidratante.

E, apesar de a estratégia ter dado certo por muito tempo, a marca resolveu aprofundar o assunto em 2004, criando a campanha Real Beleza, com uma discussão mais aprofundada sobre o assunto.

Hoje, as campanhas da empresa, as quais são reconhecidas como um dos maiores sucessos da propaganda mundial, falam sobre a beleza contida em todos os tipos de mulheres, buscando sensibilizar e criar empatia.

Deu para entender que muito mais do que a comunicação visual, uma marca deve causar sentimentos no consumidor? Dessa forma, ela poderá se tornar única e especial em suas mentes.

Qual a importância do branding?

Agora que mostramos os aspectos que envolvem uma marca, você percebeu a importância de se ter um diferencial no mercado, que, aliás, está cada vez mais competitivo. Isso pode ser conseguido por meio do branding.

Ele direciona a empresa a ter um propósito por trás do seu posicionamento. E isso, sem dúvida, faz diferença no momento de o consumidor se decidir a ser um cliente.

É o que diz uma pesquisa realizada pela Ana Couto Branding, demonstrando que 67% dos entrevistados afirmaram que estão dispostos a serem clientes de um negócio que tenha um propósito em comum com eles.

Por meio do branding, sua marca ganha personalidade, força e, principalmente, posiciona-se no mercado. Isso, como você pode imaginar, influencia diretamente o seu reconhecimento e também o faturamento.

Como fazer uma boa estratégia de branding?

Podemos dizer que atrás de um bom trabalho de branding está a divisão de responsabilidades entre o público interno e externo de uma empresa.

Isso quer dizer que uma parte essencial de uma estratégia eficiente são aqueles que têm um contato diário com a marca, ou seja, seus colaboradores.

Nesse aspecto, é possível analisar fatores que incluem o conhecimento das pessoas sobre os valores da marca, o quanto ela está protegida, se seu propósito vem realmente sendo cumprido e o como sua empresa está conectada com o mercado.

Em relação aos fatores externos, é possível detectar um bom trabalho por meio da autenticidade da marca, ou seja, se os valores são claros, relevância em relação a mudanças provocadas nas pessoas, distinção em relação aos concorrentes, presença em momentos e locais certos, o entendimento do público sobre a marca e se ela atende às expectativas.

Um ponto fundamental para que o branding seja eficiente é que, independentemente da periodicidade ou estilo das campanhas, o DNA da marca continue sempre o mesmo.

Ou seja, é importante que a mensagem e o conceito contendo o propósito da empresa sejam utilizados constantemente, para que permaneçam na cabeça e no coração dos consumidores.

Quais são as principais ações e estratégias?

Como dissemos, o branding não é uma coisa só: ele compreende uma série de ações e estratégias que fazem com que as marcas sejam fortalecidas. Veja algumas delas:

Identidade visual

Como diz o ditado, “a primeira impressão é a que fica”. No caso de uma empresa, as representações visuais — como as de uma logomarca, por exemplo — são as responsáveis por criar um primeiro impacto na mente do consumidor e apresentar uma identidade.

Slogan

O slogan é uma frase curta que serve para definir o posicionamento de uma marca e o seu diferencial. No caso do branding, ele serve para fixar a mensagem da empresa na cabeça do consumidor. Por isso, deve ser bem pensado e construído de acordo com os objetivos e conceitos do negócio.

Papelaria

Uma boa apresentação faz toda a diferença em relação à valorização do cliente perante uma marca. Sendo assim, não deixe de investir em bons materiais, que tragam a identidade visual da empresa e, de alguma forma, passem a sua mensagem.

Marketing

Estratégias de Marketing tradicional e, cada vez mais, de Marketing Digital são grandes aliadas no que diz respeito à estratégia.

Isso porque, antes de qualquer ação, o setor é responsável por realizar pesquisas de mercado, entender o público-alvo, compreender os valores da empresa para daí, sim, analisar quais canais são mais interessantes e criar campanhas de branding.

Ou seja, são os profissionais especializados nessas áreas que deverão direcionar a empresa para alcançar os resultados esperados.

Conteúdo

Como dissemos acima, o Marketing Digital está cada vez mais inserido nas empresas. Uma de suas principais ferramentas é o Inbound Marketing, ou o Marketing de Conteúdo.

Por meio de conteúdos de valor, que sejam relevantes ao público-alvo, é possível ganhar visibilidade e autoridade na área em que se atua.

Monitoramento de métricas

Com a chegada do Marketing Digital, mensurar resultados se tornou muito mais preciso e simples.

Por isso, assim como planejar e executar ações, é importante utilizar as ferramentas certas para o monitoramento de cada tipo de campanha, sejam elas em sites, redes sociais ou no Google, por exemplo.

A partir do acompanhamento dos resultados, é possível saber quais aspectos da estratégia vêm apresentando mais sucesso e se é necessário fazer ajustes em relação ao posicionamento para haver um retorno mais positivo.

Depois de ler esse artigo, é bem possível que você esteja pensando seriamente em aplicar o conceito em sua empresa. Acertamos? Nesse caso, é possível contar com profissionais e agências especializadas, seja qual for o porte do seu negócio.

Isso, sem dúvida, trará como reflexo os melhores resultados e, consequentemente, um maior faturamento.

Gostou do nosso artigo sobre o que é branding? Tem alguma dúvida ou quer trocar experiências? Então não deixe de fazer o seu comentário!

Comentários do Facebook

Deixe seu comentário