Por que devo ter uma loja virtual mobile? Descubra!

Hoje em dia não dá para pensar em negócios virtuais sem associar a uma loja virtual mobile. Isso porque, os usuários estão utilizando cada vez mais diferentes dispositivos móveis para acessar a internet, pesquisar sobre produtos e serviços, consultar a reputação da marca, consumir conteúdo e fazer compras.

Vamos ao paralelo: em março de 2018, o número de linhas móveis no Brasil chegou a exatos 235.786.195, de acordo com a Anatel — uma redução de 2,88 em relação ao mesmo período de 2017. O e-bit, em seu relatório semestral, mostrou que 27% das vendas feitas em 2017, no e-commerce nacional, foram feitas a partir de dispositivos móveis. Em 2016, esse percentual era de 21,5%.

Mesmo com um menor número de linhas, mais brasileiros estão fazendo compras a partir de seus smartphones, além de outros dispositivos, como tablets, TVs, consoles etc.

No post de hoje vamos apresentar um pouco mais do conceito, a importância e as vantagens de ter uma loja virtual mobile. Boa leitura!

O que é uma loja virtual mobile?

É um e-commerce com características que permitem que os usuários possam acessar a loja de qualquer dispositivo, sem perder a qualidade de navegação. Para isso, é importante contar com:

Layout responsivo

Plataformas e linguagens como Java já permitem que a página se adeque à resolução do aparelho em que está sendo visualizada. Dessa forma, imagens, textos e demais elementos do site são redimensionados automaticamente para caber na tela, sem sobrecarregar a transferência de dados.

Adaptação para touchscreen

A principal interação em plataformas mobile é o toque. O site precisa estar preparado para isso, tanto na seleção de itens como em outras funções, por exemplo, o uso do zoom.

Conexão rápida

A velocidade da conexão precisa se manter rápida mesmo em dispositivos móveis. A sugestão é investir em interfaces leves e de rápido carregamento, independentemente do tipo de acesso.

Elementos para facilitar as conversões

Quanto menor for o caminho que o consumidor percorrer até concluir a venda, melhor. Daí a necessidade de investir em formulários rápidos, como os disponibilizados pelo login social. Com ele, as informações das redes sociais do usuário são utilizadas para o cadastro.

Boa usabilidade

A experiência do usuário deve ser um ponto a ser focado. Por isso, é importante contar com barras de pesquisas funcionais, em que o cliente pode refinar os resultados por preço, cor, botões fáceis de localizar, botão de acesso ao carrinho de compras de qualquer página, além da possibilidade de retornar a compra não finalizada em outra ocasião.

Segurança

A segurança específica também é um ponto-chave, uma vez que muitos usuários acessam a rede por conexões públicas, que geralmente são mais vulneráveis. O papel da loja virtual aqui é oferecer um ambiente seguro, com certificados de segurança, blindagem de site e demais práticas para reduzir fraudes.

Os gestores também precisam se atentar quanto a aparência do site, que deve passar segurança e profissionalismo. Comparando com o comércio físico, um site mal planejado é como um ponto de venda desorganizado. Seu cliente pode não gostar da desorganização ou aparência e desistir da compra.

Quais as vantagens de ser mobile?

Basicamente, se o seu cliente acessar seu site por um dispositivo móvel e não tiver facilidade de encontrar o que quer com rapidez, vai procurar a concorrência. Além de não perder a venda, o e-commerce ganha uma série de benefícios, dos quais podemos destacar:

Maior possibilidade de ser encontrado nos buscadores

O Google é um dos buscadores que prioriza os sites responsivos desde sua mudança de algoritmos, quando passou a exigir essa qualidade das páginas. O gigante, agora, diminui o ranking daqueles sites que não são compatíveis com dispositivos móveis. Ou seja, eles estão perdendo posições quando um usuário faz alguma pesquisa.

Mais informações a respeito do público-alvo

Pelo GPS é possível saber exatamente onde está o cliente, junto aos outros dados que podem ser captados, e o e-commerce pode entender mais sobre seus hábitos de compras. Dessa forma, pode tomar decisões pautadas em informações precisas e não na intuição, assim, consegue aperfeiçoar sua estratégia, desenvolver abordagens e campanhas mais eficientes, além de direcionar melhor suas ofertas.

Trata-se de uma funcionalidade especialmente interessante para ações multicanal, omnichannel e cross channel. Quando o negócio tem mais de um canal de vendas, todas as fontes de dados a respeito do público são relevantes para a estratégia, em especial os smartphones.

Facilidade para realização da compra

O mobile permite a implementação de ferramentas, como os identificadores de cartão de crédito que, por meio da câmera do aparelho, dispensa a ação do usuário de digitar todos os caracteres do cartão. Adicione o design otimizado com menus de fácil acesso, buscadores login social, entre outros recursos, criando um ambiente propício para gerar conversões e vendas.

Maiores chances de indicações e compartilhamentos

Um site responsivo, capaz de oferecer uma impressão agradável aos visitantes, têm maiores chances de serem indicados, seguidos nas redes sociais e ter seu conteúdo partilhado nas redes sociais. E como 92% dos 130 milhões brasileiros que acessam o Facebook mensalmente, o fazem por meio do smartphone, maiores são as chances do público se relacionar com as marcas pela rede social.

A loja virtual tem a possibilidade de gerar mais leads e conversões a partir de suas interações com as redes sociais, sobretudo quando associa seu uso integrado: apresentando botões de compartilhar, curtir, entre outras ações que aumentam o engajamento com o público.

Atender a vários públicos

Mesmo que o negócio tenha um nicho de atuação, outros públicos podem se interessar pelo seu produto ou serviço. Ainda mais agora que as pessoas podem acessar a internet de smartphones, tablets, TVs, relógios, geladeiras etc.

As pessoas, independentemente do lugar e do aparelho que estiverem acessando, vão poder comprar da sua loja virtual mobile. E isso, como visto, pode gerar mais do que vendas, como fidelizações, indicações e até defensores da marca. Por isso, é importante criar uma estratégia que dê atenção às pessoas que acessam o site por diferentes dispositivos.

Gostou do artigo? Aproveite a visita e entre em contato conosco!

 

Comentários do Facebook

Deixe seu comentário