Como fazer um catálogo virtual de produtos?

Independentemente de ser micro, médio ou grande empreendedor, ter um catálogo virtual de produtos é essencial para o seu negócio. Além do custo reduzido, já que não é necessário imprimir esses materiais, você consegue alcançar pessoas de qualquer região. Ou seja, quem tem uma loja on-line se beneficia ainda mais desse recurso.

O catálogo virtual é uma excelente forma de divulgar os seus produtos. Por meio dele, você pode selecionar boas fotos e mostrar os seus diferenciais. Dessa maneira, seus resultados tendem a melhorar. No entanto, é preciso se dedicar na produção desse material para passar credibilidade aos consumidores e encantá-los.

Quer conhecer as etapas fundamentais para criar um catálogo virtual de produtos? Continue lendo e confira!

Capriche na capa

O primeiro contato que o consumidor tem com o seu catálogo é por meio da capa. Então caso ela seja pouco atrativa ou mal elaborada, é possível que seu cliente em potencial feche o material logo de cara e não conheça o que você tem a oferecer. Portanto, não meça esforços para criar uma capa atraente e causar uma boa impressão no público.

Crie um índice para guiar os usuários

Principalmente se você vende diversos produtos, é indispensável inserir um índice. Imagine que alguém queira comprar eletrodomésticos para a casa, mas as primeiras páginas têm apenas produtos de informática. Assim, o usuário terá de passar página por página até encontrar a seção que o interessa. Isso pode deixá-lo cansado e fazer com que ele desista de procurar o produto.

Insira fotos de qualidade

Nem pense em economizar ao elaborar o catálogo e tirar as fotos dos produtos com o seu celular. Mesmo que a resolução seja boa, não se compara à qualidade de uma máquina profissional. O ideal é contratar um fotógrafo especializado para que não haja erros.

Os consumidores gostam de ver os detalhes dos produtos antes de efetuar uma compra, então, caso deem um zoom e vejam tudo borrado, é um ponto a menos para você. É preciso também atentar ao fato de que, nas plataformas virtuais, os usuários não podem manipular o produto, por isso, você deve inserir fotos de diferentes ângulos do objeto em questão.

Elabore descrições atrativas

Após olhar a imagem do produto, a tendência é que os consumidores leiam a descrição. Sendo assim, é necessário elaborar uma apresentação que desperte um desejo no público em adquirir o item.

Entretanto, tome cuidado com o tamanho do texto para não deixá-lo grande demais: selecione as informações mais relevantes e os diferenciais. Se você tem uma mochila à venda feita de material impermeável, por exemplo, exalte essa qualidade.

Exiba o valor do desconto

É da natureza do ser humano querer ganhar alguma vantagem nas compras, como brindes e descontos. Logo, se determinado produto está em promoção, exiba o valor que foi descontado. Assim, você passa a sensação de que seus clientes serão beneficiados ao comprar aquele item.

Uma forma de mostrar esse desconto que funciona bem é o tradicional “De: R$ X, por: R$ Y”. O mais indicado é que você coloque essa informação acima da descrição, na cor vermelha, para que ela não passe despercebida. Outro método muito utilizado é inserir um balão com o percentual de desconto no canto da foto. Ambos costumam dar bons resultados.

Dê destaque aos produtos mais populares

Sabe aqueles produtos que têm uma alta demanda? Coloque-os em destaque no catálogo. Assim que começar determinada seção, eles devem aparecer como “os mais vendidos” ou “populares”.

Essas palavras ajudam a vender, pois o consumidor deduz que, se muita gente está comprando, significa que são artigos de qualidade. Sem contar que a maior parte das pessoas quer estar de acordo com a moda.

Atente ao design do catálogo

Além da capa e das imagens dos produtos, o seu catálogo, em geral, deve ter um design agradável. Uma dica é apostar na simplicidade para dar destaque às ofertas. Portanto, você deve evitar diversos elementos nas páginas que não sejam essenciais para não causar uma poluição visual.

Os espaços em branco são importantes — eles servem como área de respiro e enaltecem os seus produtos.

Vale a pena olhar outros catálogos das principais lojas do segmento para se inspirar. As tendências costumam ter um curto prazo de validade, ou seja, estão sempre mudando. Desse modo, você consegue observar o estilo que está em alta e chama a atenção do público. Só tome cuidado para não se “inspirar” demais e fazer igual.

Aposte na interatividade

Já que o catálogo virtual permite que você adicione diversas funcionalidades, não há razões para não aproveitar esses recursos em seu benefício. Em vez de colocar apenas uma foto, dê a opção ao usuário de ver mais imagens dos produtos.

Outra boa ideia é aplicar um efeito de folha virando quando ele mudar de página. Mesmo que pareça uma função inútil, isso valoriza o seu material. Por fim, considere fortemente inserir vídeos no catálogo.

Disponibilize a compra diretamente do catálogo

Quando você insere links em suas ofertas do catálogo, que levam o usuário à página de compras, as chances de conversão são maiores.

Pense o quanto é trabalhoso para o consumidor procurar determinado produto no site após ver o seu catálogo. Então, quanto mais você facilitar o processo de compra, melhor será a experiência do cliente e, consequentemente, suas vendas aumentam.

Seja responsivo

No Brasil, mais da metade dos usuários utilizam smartphones para acessar a Internet. Sendo assim, é crucial que você crie um catálogo responsivo, ou seja, que se adapte aos diferentes dispositivos. É extremamente desagradável ler um conteúdo on-line em que é preciso dar zoom para enxergar os textos e as imagens. Caso isso aconteça, é bastante provável que os usuários desistam de continuar em frente.

Elaborar um catálogo virtual de produtos é uma forma eficaz de divulgação e apresenta um ótimo custo-benefício. No entanto, como você pôde perceber, é necessário atentar aos detalhes para que a sua credibilidade não seja afetada. Um material promocional produzido de maneira amadora pode passar uma má-impressão da sua marca aos consumidores. Portanto, dedique-se ao criar o seu catálogo, pois ele é uma peça fundamental em sua estratégia de marketing.

Quer saber como dar o próximo passo no seu negócio e começar a vender on-line? Entre em contato conosco e converse com um dos nossos especialistas!

 

Comentários do Facebook

1 comentário

  1. Pingback: Aprenda como vender produtos importados legalmente na internet! - Passo a Passo Simples

Deixe seu comentário