Como vender produtos no Mercado Livre

Se você é investidor já deve ter percebido o poder de venda que a internet oferece para o seu negócio. Por essa razão, deve estar se perguntando quando como vender produtos mercado livre pode ajudar nos resultados que você espera para o seu negócio.

A presença digital é importante, mas requer tempo e dedicação. Pois muitas vezes o atendimento ao cliente, a atualização de redes sociais e o envio de produtos pode tomar um tempo precioso que você poderia estar usando para, por exemplo, se profissionalizar mais no assunto.

E é por essa razão que vender produtos no mercado livre pode ser uma boa maneira de começar a otimizar o seu tempo com o mercado digital e, ainda por cima, ajudar você a faturar muito mais com a sua loja virtual.

Quer saber o que você precisa fazer para começar hoje mesmo a vender os seus produtos no mercado livre e garantir ainda mais vendas? Então aconselho que você leia este artigo até o final e descubra mais sobre esta, que pode ser a oportunidade que a sua empresa precisava para garantir bons lucros.

 

Por que vender meus produtos no Mercado Livre?

 

A internet é um grande espaço para vendas e disso você já deve saber. Pois é sabido que quem está na internet está em busca de produtos e serviços. Então é de se esperar que diversas estratégias são válidas nesse sentido.

Desde a criação de estratégias eficazes de marketing digital, a criação de conteúdos para o seu blog e até mesmo a criação de perfis em redes sociais são fatores decisivos para aumentar o alcance da sua página na internet.

Nisso, vender produtos mercado livre é um bom caminho para a criação de oportunidades de vendas e de novos clientes para o seu negócio. Você sabe como funciona o Mercado Livre?

O que é o Mercado Livre?


 

O Mercado Livre é uma empresa que oferece soluções de comércio eletrônico de compra e venda para que pessoas e empresas possam anunciar e começar a negociar entre si.

Juntamente com a Amazon e o Ebay, por exemplo, o Mercado Livre funciona como se fosse um grande shopping virtual, ou uma marketplace onde diversas lojas expõem seus produtos, assim como pessoas físicas podem oferecer seus produtos via internet.

Na América Latina é o site de e-commerce mais popular, e, pelo menos até 2016 o site contava com mais de 174 milhões de usuários.

Então, dessa maneira é de se imaginar que, os produtos que estão lá expostos têm grande potencial e alcance para vendas, já que o site funciona como uma grande vitrine para os mais diversos investidores e consumidores.

Além disso, é muito rápido e simples fazer o cadastro no site. Leva poucos minutos para que você possa ter a oportunidade de expor os seus produtos para que uma grande quantidade de pessoas possa ter acesso aos seus produtos, negociar e conhecer a sua loja virtual.

É isso o que vamos aprender num passo a passo a seguir.

 

Como começar a vender no Mercado Livre: passo a passo

 

Para que você possa começar a vender produtos mercado livre os processos para tal são bem simples. Principalmente porque não há necessidade de conhecimento técnico para tal.

Por isso, vamos ao passo a passo.

Para começar você deve ir até o site do Mercado Livre e criar uma conta e cadastrar um produto.

Chegando ao site (http://www.mercadolivre.com.br) no canto superior direito da tela do seu computador você clicará na palavra “Vender”.

Ao ser redirecionado para a página seguinte, obviamente, se for a sua primeira vez no site, clique em “Criar Conta”.

Escolha o que você quer irá anunciar no mercado livre



Aproveite o máximo possível dos 70 caracteres disponíveis para criar o título do seu anúncio. Chame a atenção dos usuários através de palavras que criem um senso de urgência (como “OFERTA IMPERDÍVEL”).
Um título que contenha vantagens é um chamariz para que cada vez mais pessoas possam ter interesse em seus produtos no Mercado Livre.


Escolha a Categoria e Subcategorias do seu produto

Descreva o seu produto, adicione fotos. Lembre-se quanto mais detalhes na descrição, melhor! Para o cliente que não terá dúvidas na hora de comprar e para posicionamento orgânico dessa página. Então seja detalhista e insira todas as informações do produto.
Para facilitar a leitura e o seu cliente encontrar o que gostaria mais rapidamente na descrição você pode criar Perguntas e Respostas.

Agora é hora de inserir o preço de venda!

Depois, você deve escolher como gostaria que seus anúncios fossem visto.
Em visibilidade você vai selecionar o alcance do seu anúncio.

Existem 3 tipos: o grátis, o clássico e o premium. Como você deve imaginar, o premium é o que oferece a maior visibilidade do seu anúncio – consequentemente as comissões para isso serão mais altas.

 

Agora, depois de escolhido o padrão de visibilidade para o anúncio do seu produto, o próximo ponto é informar os dados da sua conta. Caso seja novo, faça um cadastro rápido.

E pronto! A partir daí seu anúncio já está criado.

Dicas Importantes

Imagens de boa qualidade dos seus produtos também são um grande diferencial para atrair o público. A descrição também deve ter qualidade e informar todas as características pertinentes ao produto.

Outras dicas válidas incluem na criação de um perfil de loja dentro do Mercado Livre é dar à página um aspecto profissional. Isso pode ser conseguido através de uma boa escolha do seu logotipo e template.

Reiteramos que é importante que você conheça os seus direitos e deveres dentro do Mercado Livre. Leia as Políticas de Privacidade, os Termos e Condições do Mercado Livre e do Mercado Pago.

Dessa maneira você poderá aproveitar melhor todas as vantagens que vender produtos mercado livre pode trazer para a sua empresa. E você quer saber que vantagens são essas? Vamos conhecê-las agora.

 

Como vender melhor os produtos da minha empresa no mercado livre?

 

 

Algumas dicas são essenciais para que você possa vender produtos mercado livre com uma maior eficácia e retorno positivo sobre o que você oferece. Separamos abaixo uma lista com as principais que pudemos coletar de pessoas que estão neste meio.

Você irá perceber que o território não é tão desconhecido quanto as técnicas que você provavelmente emprega (ou deveria empregar) em sua loja virtual.

Geração de conteúdos, eficácia e diferencial de atendimento, além de títulos e descrições que sejam certeiras para a atração de clientes e, obviamente o intuito de conversão através da soma de todos esses fatores juntos.

Conheça a seguir algumas dicas de como vender mais e melhor no Mercado Livre e, assim, aumente as chances de seu negócio ter um maior volume de vendas.

Títulos e descrições do produto

Este é um ponto que comentamos brevemente no tópico anterior, mas que merece destaque nesse quesito, afinal o título é o primeiro contato que os usuários terão com os seus produtos.

Por essa razão é preciso saber utilizar muito bem os 70 caracteres disponíveis para criar títulos que possam ajudar a chamar a atenção de quem está em busca de ofertas, preços e promoções imperdíveis.

Aliás, a utilização dessas palavras, que criam sensação de urgência, de promoção, oportunidade, produtos que devem ser adquiridos por algum motivo especial, são boas práticas para criação de títulos.

Se você se arrisca a pôr apenas o básico essencial de cada produto correrá o risco de ser apenas mais um em meio aos vários disponíveis no site. Vamos exemplificar isso a seguir.

Vamos supor que você esteja vendendo um aparelho smartphone e vá criar o seu título.

Ao invés de utilizar a fórmula básica indicando “Smartphone Samsung A5 Plus” você pode se utilizar por exemplo de um título mais chamativo como “Smartphone Samsung A5 Plus 16 GB, Todos os Acessórios, Perfeito Estado” ou ainda “Smartphone Samsung A5 16 GB Memória – Oferta Imperdível”.

Percebe a diferença?

Lembrando que você só deve inserir a palavra “Oferta” se ela realmente estiver acontecendo – caso contrário você estará oferecendo uma propaganda enganosa.

Quanto às descrições, aproveite o espaço para fazer uma descrição mais detalhada do produto e não poupe as qualidades e vantagens dele, assim como as vantagens que ele traz para o seu usuário.

Em se tratando de produtos usados, não esqueça de ser claro e honesto com relação a possíveis defeitos de fabricação, ou de uso. Dessa maneira vender produtos mercado livre vai trazer todos os benefícios possíveis para o seu negócio.

Uma dica importante: utilize a opção “apenas texto” para criar a descrição dos produtos. Essa opção, além de permitir um carregamento mais rápido da página ainda vai facilitar a visualização em dispositivos móveis – o que é extremamente vantajoso, considerando a quantidade de pessoas que acessam através de smartphones.

Fotos

A qualidade das fotos do seu produto são outro fator decisivo na hora da criação do seu anúncio no Mercado Livre.

Afinal, juntamente com o título, o primeiro vislumbre que os usuários e consumidores virão é a foto do produto. Por isso, nada de fotos amadoras: é essencial que elas tenham uma “cara” profissional.

Neste artigo você vai aprender como tirar fotos profissionais com o seu celular

De preferência, aproveite o espaço das fotos, evite outras imagens que chamem a atenção para longe do foco do produto; imagens limpas, dependendo do produto, são as melhores soluções nesses casos. Nada de faixas, imagens ou palavras sobre as fotos do que você pretende vender.

Tenha o cuidado para que o local onde você vai capturar o produto seja bem iluminado. Fotos de qualidade também requerem uma boa resolução e um bom tamanho. Por isso, fotos grandes.

E, obviamente, tenha mais de uma foto do seu produto. Mostre detalhes, funcionalidade, caso haja alguma falha ou imperfeição, saliente-as. A boa qualidade de uma foto bem capturada ajudará, e muito, a vender produtos mercado livre.

 

Frete

Se você quer vender mais no Mercado Livre, é essencial que você tenha em mente que o frete é um dos grandes responsáveis pelo aumento do preço dos produtos.

Entretanto, existe uma solução para isso. Utilizando o serviço de entrega Mercado Envios você pode oferecer serviços de entrega grátis.

Isso, por si só, atrai a atenção de muitos compradores de uma forma geral, mas ainda existe uma outra vantagem com relação a isso, que é o fato de que eles parecerão no site em destaque, aumentando, assim, a visibilidade dos seus produtos e as probabilidades de se gerar mais vendas.

Inclusive já comentamos aqui sobre o oferecimento de fretes grátis para lojas virtuais. Confira aqui.

 

Geração de conteúdos

Primeiro entregue conteúdo de valor ao seu cliente, depois torne-se referencia e depois faça a venda. Isso é a maneira mais eficaz de fidelizar um cliente.

Apesar de ser comumente associada às técnicas de marketing digital, a geração de conteúdos através de blogs (ou em outras mídias, sejam elas as redes sociais ou vídeos tutoriais no YouTube) é uma boa maneira de atrair atenção para os seus produtos.

 

Isso porque, por exemplo, vídeos de review (vídeos que falem sobre o produto e seus detalhes), acabam por transformar, não apenas a visão de seus produtos, mas também a visão acerca de sua marca/empresa. Os consumidores entendem que você não quer apenas vender, mas também entregar conteúdo de valor antes mesmo da venda em si.

 

A razão para isso é porque isso dá credibilidade para você que está querendo vender produtos mercado livre. Por isso, se você ainda não tem um blog e não cria vídeos para os seus produtos, é interessante que você comece a pensar nessas possibilidades.

Por isso, é essencial tanto na hora de divulgar os produtos no mercado livre e até mesmo divulgar a sua loja virtual (caso já tenha uma), você tenha acesso a maneiras de ligá-lo a um blog – isso aumentará as taxas de conversão através de técnicas de marketing de atração.

Neste artigo nós falamos sobre a importância do conteúdo e como criar uma conteúdo de qualidade para o seu público alvo.

Além, claro do fato de que reviews, informações úteis e necessárias acerca de seus produtos e serviços são formas de vender a sua marca e o seu produto que realmente funcionam, por exemplo, dentro de meios como as redes sociais, onde o marketing tradicional não funcionaria.

 

Relacionamento com o cliente

Abaixo do anúncio de seus produtos você poderá encontrar a avaliação de seus clientes e ainda uma sessão de comentários que é onde eles podem tirar dúvidas acerca do produto.

Promova uma boa relação com o seu cliente através de um bom atendimento. Isso fará toda a diferença na hora de criar tanto estratégias de marketing digital, quanto a atenção de novos clientes que se interessarão pelo bom serviço prestado.

A máxima do comércio de que “cliente bem satisfeito sempre volta” é levada em consideração também no mercado digital.

Por isso, além de responder a todas as perguntas (rapidamente) enviadas diretamente para o seu produto.

Para o pós-venda, disponibilize um canal de comunicação direto para que as suas avaliações possam ser sempre positivas. Skype, WhatsApp, e-mail ou telefone, são algumas das maneiras de se prestar um bom atendimento aos seus clientes. Velocidade de resposta e soluções de problemas é um meio de se avaliar a qualidade de vendas na internet. Por isso, atenção aos comentários dos seus clientes!

 

Quais as vantagens de vender produtos no mercado livre para a minha empresa?

 

Em algum momento ao longo deste artigo você deve ter se perguntado que vantagens você obterá se publicar alguns de seus produtos no Mercado Livre mesmo que a sua empresa possua uma loja virtual.

E, é simples a resposta para esse questionamento. Aliás, são várias as respostas que podemos oferecer nesse sentido.

A primeira delas é que, muitas pessoas compram através do Mercado Livre. Como já comentamos no começo deste artigo, o site é o marketplace mais popular da América Latina.

Por essa razão apenas você deve imaginar a quantidade de pessoas que estão acessando o site diariamente em busca de produtos e serviços, certo? Por isso ter uma quantidade mesmo que mínima de produtos no site é uma maneira de aumentar a sua receita.

Segundo motivo é que, por ser um local onde se pode encontrar “de tudo”, ele se torna um lugar propício para que você possa ter uma maior chance de vendas.

Terceiro motivo, mas não menos importante, está no fato de que, mesmo que você selecione uma quantidade mínima de produtos, isso atrairá a curiosidade pelo vendedor que oferece mais produtos parecidos.

Vamos supor, por exemplo, que a sua loja ofereça produtos e artigos nerd e geek, onde o público é fiel e consome bastante. Ao vender um conjunto de luminárias no Mercado Livre, você pode atrair a atenção para a sua loja virtual e oferecer outros produtos.

Por isso, como comentamos acima a importância de escolher um bom nome de usuário e a criação de um bom perfil no site, com logotipo e layout bem selecionados.

Com o usuário tendo um acesso facilitado para conhecer o vendedor e seus produtos, fica mais fácil, por exemplo, para que ele possa procurar por si mesmo a sua loja através de buscadores como o Google e assim ter acesso aos seus outros produtos e serviços.

Outra razão para que anunciar o no site seja uma boa ideia reside no alcance que a sua loja virtual poderá ter. Como já falamos anteriormente, o Mercado Livre possui uma grande quantidade de usuários – que geralmente o buscam com frequência.

Isso, sem falar na redução de gastos, já que, em sua loja virtual você poderá investir em anúncios pagos e em outras formas de atrair público para o seu negócio. Entretanto o Mercado Livre já faz isso por si só.

 

Conclusão

De uma maneira geral, os marketplaces são um ótimo lugar para vender produtos e serviços e obter todas as facilidades que eles oferecem.

E, no que se refere ao Mercado Livre, esta é uma realidade para todos os investidores digitais e donos de e-commerces de uma maneira geral. Pois o Mercado Livre acaba por ser uma grande vitrine de longo alcance por todo o Brasil e América Latina.

A quantidade de usuários e receita geradas anualmente por esse meio de vendas é alta e transforma esta numa opção viável tanto para consumidores quanto para vendedores.

Por isso, quem quer vender produtos mercado livre tem muitas vantagens, principalmente se você possui uma empresa ou negócio com loja virtual e precisa de um upgrade de vendas.

Mas para que isso aconteça é preciso que se tenham certos cuidados e atenção para certos detalhes que não devem passar desapercebidos por quem está pensando em integrar o ML às suas vendas.

Por exemplo, os cuidados na hora de cadastrar os seus produtos; na criação de títulos que chamem a atenção, assim como na descrição de seus produtos; no oferecimento de formas de frete e, claro, num bom atendimento.

Atenção redobrada para este último item, pois é aqui que pode residir a diferença entre o sucesso total de seus produtos e da sua empresa ou o fracasso total de seus investimentos.

Assim como você aprendeu aqui com 7 motivos para criar uma loja virtual para o seu negócio, você já deve ter percebido, então que a internet acaba por se transformar em um meio pelo qual os seus investimentos podem render muito mais do que você poderia imaginar.

Além disso, algumas técnicas de marketing digital também são aplicáveis para que você tenha sucesso vendendo no ML. Por exemplo, a criação de conteúdos para divulgação de seu produto, vantagens, reviews etc. são alguns dos meios pelos quais você pode obter autoridade dentro do meio.

O atendimento, já comentado anteriormente, é também uma maneira de ajudar com a criação de uma boa reputação com os seus clientes – e com futuros clientes.

Mas, em suma, considerar vender produtos mercado livre traz grandes vantagens para o seu negócio, além de estender o alcance do seu negócio para além dos clientes que você já possui e assim aumentar os seus lucros e fazer com que você seja mais um empreendedor de sucesso no meio digital.

E aí, gostou do artigo acima? Que tal deixar um comentário abaixo? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais e de marcar os seus amigos. Sempre postamos novidades para você para expandir o seu negócio.
Até a próxima!

 

Comentários do Facebook

3 comentários

  1. Pingback: O que fazer para ganhar dinheiro com artesanato - Passo a Passo Simples

  2. Pingback: Você sabe calcular corretamente os preços dos seus produtos? - E-Commerce News

  3. Pingback: As vantagens dos marketplaces para o seu e-commerce - Passo a Passo Simples

Deixe seu comentário